5 dicas de leituras sobre medicina

Por MedPlus em 03 de dezembro de 2015.

O blog da MedPlus escolheu cinco livros sobre medicina que podem ser ótimas companhias para os dias de descanso. Mas nada de livros técnicos; nós priorizamos obras cujas histórias, personagens e contextos se relacionem com o ambiente médico e sua história. Boa leitura!

Pulmão de aço – Uma vida no maior hospital do Brasil

Eliana Zagui

Aos dois anos de idade, Eliana Zagui foi vítima da poliomielite. Paralisada do pescoço pra baixo, ela passou a vida em um leito do Hospital das Clínicas de São Paulo. Depois de várias décadas, ela escreveu sua história, contando detalhes sobre as experiências, tristezas e pequenas (grandes) alegrias de uma vida cheia de restrições. Emocionante.

Por um fio

Drauzio Varella

A morte é um dos grandes tabus da sociedade. Em Por um fio, Drauzio Varella conta histórias reais sobre pacientes terminais, o impacto causado pela notícia da morte iminente e a reação de pacientes e familiares. Um relato sensível e impactante sobre um assunto complexo, mesmo para quem lida com ele em seu cotidiano profissional.

O século dos cirurgiões

Jurgen Thorwald

Uma obra interessante, tanto para especialistas como para leigos. O Século dos Cirurgiões é resultado de uma série de pesquisas sobre os pioneiros da cirurgia, e os métodos que contribuíram para formar as bases das práticas modernas.

Das tripas coração

Roy Porter 

Roy Porter é considerado por muitos como o maior historiador britânico da medicina. Neste livro, é uma espécie de guia para a compreensão da história da medicina, bem como seus desafios e conquistas. De forma objetiva, o autor organiza a obra em tópicos a respeito de doenças, do corpo, tratamentos, entre outros, tornando a leitura bastante agradável.

 O físico

Noah Gordon

Este livro conta a história de um homem, que vive na Europa do século XI e possui a obsessão de vencer a morte e a doença. Ele fica sabendo de uma escola na Pérsia onde leciona um famoso físico, e decide partir ao seu encontro. O problema, porém, era que cristãos não eram bem-vindos em universidades muçulmanas durante as Cruzadas. Ele assume então a identidade de um judeu, e parte rumo a uma jornada cheia de descobertas.

MedPlus