Entenda o que é telemedicina

Entenda o que é telemedicina

É muito comum que, atualmente, nossos dias estejam cada vez mais cheios, repletos de tarefas e compromissos. Trabalho, faculdade, escola, afazeres de casa, reuniões, família, relacionamentos: são algumas das inúmeras coisas que temos de dar conta no nosso cotidiano. Com tudo isso, deixamos, muitas das vezes, de dar a devida atenção para questões essenciais para nosso bem-estar e saúde.

É nesse contexto que surge os processos da telemedicina. Grande tendência no ramo da saúde, nós, do MedPlus, trouxemos algumas informações que te ajudaram a entender o que é e como funciona a telemedicina. Confira!

O que é telemedicina?

A telemedicina é um processo medicinal que visa complementar o atendimento médico convencional, possibilitando o atendimento à distância, com o auxílio de ferramentas tecnológicas. Este processo, principalmente no Brasil, é muito famoso e usado para a emissão, via internet, de documentos relacionados ao quadro clínico do paciente, como atestados, receitas, laudos, resultados de exames e outros.

Com o auxílio da telemedicina, tornou-se mais simples e fácil o acompanhamento médico durante algum tipo de tratamento, já que a comunicação entre clínica e paciente é estabelecida de forma muito mais rápida e prática. Entretanto, ao contrário do que normalmente se pensa, a telemedicina não é uma alternativa que visa substituir a medicina convencional, mas sim um processo complementar que tem como objetivo agilizar alguns processos do atendimento ao paciente.

Como a telemedicina funciona?

A telemedicina conta com três grandes frentes:

  • Teleassistência: por meio desse processo ocorre a monitoração do paciente no lugar em que ele se encontra, seja em sua residência, trabalho ou num centro de saúde local. O atendimento na clínica se dá de forma mais eficaz, pois ela conta com materiais que auxiliam na constatação dos parâmetros clínicos à serem enviados (geralmente através da internet) para a análise do profissional responsável.
  • Teleducação: já neste processo busca-se a capacitação dos profissionais da saúde através de ferramentas tecnológicas e de plataformas de educação à distância. O intuito é que o profissional não necessite se deslocar até as unidades/centros de saúde para que possam participar de aulas, palestras, videoconferências, debates e cursos.
  • Emissão de laudos à distância: essa é a frente que mais cresce em território nacional. Através das informações clínicas constatadas pelos profissionais, os laudos são emitidos de acordo com a necessidade e o quadro clínico do paciente. Os laudos são disponibilizados, geralmente, via internet e/ou pelos canais de comunicação estabelecidos entre o profissional e o paciente.

Por que adotar a telemedicina?

Diferente do que muitos pensam, a telemedicina não vai e nem foi desenvolvida com o objetivo de substituir a medicina tradicional. Esse importante processo surgiu com a função de complementar a medicina tradicional vigente, de forma que superasse as barreiras geográficas para identificação e resolução de problemas relacionados a saúde.

Com a adoção da telemedicina todos saem ganhando: a clínica, com a descentralização dos atendimentos em sua(s) unidade(s); os pacientes, com a possibilidade de consultar e se tratar com os médicos mais renomados e reconhecidos independente de sua localidade; e os médicos, por poderem seguir sua agenda sem dispensar trabalhos, além de contar com processos de capacitação e formação ao alcance de seu smartphone, tablet ou computador.

 

E sua clínica, pretende adotar ou já adotou a telemedicina? Conte-nos sua experiência e acompanhe nossos canais para ficar por dentro dessas e de outras novidades!

Deixe seu comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Deseja saber mais sobre as nossas soluções? Clique aqui e solicite contato de um de nossos consultores.