Gestão de clínica médica: o impacto dos erros da tabela TUSS

Se você trabalha na gestão de uma clínica médica, é bem provável que já tenha ouvido falar na tabela TUSS. Afinal, esse documento é muito importante e deve fazer parte do planejamento estratégico desse tipo de estabelecimento.

Apesar da relevância, muitas clínicas ainda pecam ao preencher a tabela TUSS com erros. Foi pensando em reverter  essa situação que desenvolvemos este artigo! Continue conosco e tire as principais dúvidas sobre o assunto.

O que é a tabela TUSS?

TUSS é uma sigla que significa Terminologia Unificada da Saúde Suplementar. Ela representa uma continuação de outro termo que também é de conhecimento dos profissionais que atuam na gestão de clínica médica, o TISS (Troca de Informações na Saúde Suplementar).

A tabela TUSS tem o objetivo de padronizar todas as nomenclaturas e os códigos dos serviços médicos, como consultas, procedimentos laboratoriais, cirurgias etc. Para isso, ela leva em consideração a Classificação Brasileira Hierarquizada de Procedimentos Médicos (CBHPM).

Quais são os principais impactos dos erros da tabela TUSS?

A tabela TUSS é dividida em quatro categorias. São elas:

  • diárias e taxas;

  • procedimentos médicos;

  • materiais e medicamentos; e

  • órteses, próteses e materiais especiais.

Sempre que um médico realiza um procedimento ou atendimento ao paciente em sua clínica, portanto, é preciso fazer o preenchimento da tabela TUSS. Ele precisa ser feito seguindo os códigos e nomenclaturas, nas categorias mencionadas.

É preciso ter muita atenção ao preencher a tabela TUSS, uma vez que ela afeta diretamente a parte financeira da gestão de clínica médica. Isso porque os convênios e planos de saúde se baseiam nisso para repassar os valores.

Caso a tabela TUSS não seja preenchida corretamente, um procedimento que custa mais caro, poderá ser pago por um valor mais baixo ao estabelecimento de saúde. Logo, a clínica será prejudicada, uma vez que terá prejuízos.

Outra consequência dos erros na tabela TUSS é a ocorrência de glosas médicas. Esse fato acontece porque os planos de saúde podem identificar as falhas durante as auditorias que realizam e, assim, negar pagamentos.

Como evitar essas falhas na gestão de clínica médica?

O preenchimento incorreto da tabela TUSS traz consequências graves para a gestão de clínica médica, impactando diretamente no faturamento do estabelecimento. Para evitar que isso aconteça, medidas devem ser tomadas para que as falhas não ocorram.

A melhor solução para isso é ter um suporte tecnológico adequado no consultório. Atualmente existem softwares de gestão de clínica médica que possuem a tabela TUSS integrada.

De tal modo, sempre que um procedimento for registrado, automaticamente é feito o preenchimento da tabela, reduzindo as possibilidades de erros e das consequências por eles causadas.

Evitar os erros ao preencher a tabela TUSS nunca foi tão fácil, não é mesmo? A alternativa para evitar essas falhas vem com a escolha de um bom software de gestão para a sua clínica médica!

O MedPlus é uma excelente opção para você realizar esse trabalho sem erros. Acesse o nosso site e conheça mais sobre as formas como podemos potencializar o seu estabelecimento de saúde!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *