Gestão de crises em clínicas: 6 dicas para solucionar esse problema

Gestão de crises em clínicas: 6 dicas para solucionar esse problema

Momentos de dificuldade em qualquer negócio muitas vezes são difíceis de prever. No entanto, para conseguir enfrentar períodos turbulentos sem que esse fator abale irremediavelmente a gestão da clínica, o ideal é criar um planejamento eficiente antes mesmo da crise chegar.

Em ambientes como clínicas de saúde, que estão sujeitas a situações inesperadas em relação aos pacientes ou até mesmo catástrofes ou outros incidentes, é importante que se tenha, como backup, um suporte efetivo para diminuir danos e riscos provenientes de situações que podem fugir do controle.

Para estar preparado em qualquer situação e reduzir os prejuízos, confira abaixo 6 dicas de gestão de crises em clínicas:

Crie uma política de prevenção

Como já diz o antiquíssimo ditado: prevenir é melhor do que remediar. E não seria diferente para garantir uma gestão de crise em clínicas eficiente em situações fora da normalidade. A cultura interna de prevenção é um dos itens mais importantes em uma estratégia de gestão de crise, já que, se for feita adequadamente, diminuirá os impactos negativos nesses momentos. É o início do trabalho, que deve ser incorporado na rotina dos funcionários de maneira orgânica.

Identifique vulnerabilidades

Procure identificar quais áreas da clínica são mais críticas e vulneráveis a qualquer tipo de ameaça, interna ou externa, tendo em vista os possíveis cenários de crise. Com esse olhar estratégico, será possível fazer um plano de ação para cada ocorrência, limitando os danos.

Identifique o limiar da crise

Estabeleça quais indicadores serão considerados para alertar sobre uma crise. Além disso, considere as consequências negativas que uma situação de anormalidade de qualquer natureza poderia resultar na clínica e na comunidade em que está envolvida. Para determinar o limiar da crise, tenha em mente três pontos, na seguinte ordem de importância:

  1. A situação pode causar danos ou ferimentos a funcionários, pacientes, familiares, visitantes ou quaisquer outras pessoas inseridas na comunidade?
  2. Essa situação pode ameaçar a credibilidade da clínica?
  3. A mídia pode ter algum interesse em divulgar incidentes em que a clínica esteja envolvida?

Mantenha as listas de contatos atualizadas

Mantenha os contatos de pessoas ligadas à gestão de crise na clínica sempre atualizados para que o contato possa ser agilizado. Em um momento atípico, será um ganho enorme não precisar se preocupar com telefones e e-mails errados de profissionais que precisam ser contatados com urgência.

Tenha uma estratégia de comunicação

Um plano de comunicação para gestão de crises em clínicas deve ser claro, coerente e não deixar qualquer brecha para ruídos ou informações desencontradas. Crie uma equipe experiente para lidar com crises em instituições e alinhe todos os passos para que, em caso de situações fora do esperado, os profissionais transmitam a mensagem de forma confiável para funcionários, imprensa, familiares, etc.

Preparar releases pré-aprovados também pode ser uma solução eficiente para lidar com a rapidez da repercussão de notícias no calor do momento, demonstrando profissionalismo e competência da empresa para lidar com essas situações. Caso seja necessário realizar uma coletiva de imprensa em caráter de urgência, tenha em mente:

– Contar com o apoio de um porta voz treinado em gestão de crise;

– Quando o assessor iniciar a coletiva, atualize o site com as informações mais importantes;

– Após atualizar o site da instituição, envie release por e-mail a todos as pessoas envolvidas e, em seguida, à imprensa, com link para o site.

Sempre atualize o plano

As políticas internas de gestão de crise, o capital de giro e as pessoas envolvidas podem mudar a todo momento. Tenha isso em mente e atualize a estratégia sempre que necessário.

 

Com essas dicas, o MedPlus espera que você mantenha sua instituição sempre segura e com um plano eficiente de gestão de crises. Veja também algumas dicas de como promover treinamento aos colaboradores da clínica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *