Funcionários reunidos para resolverem uma atividade profissional.

Gestão de estoque: controle essencial para o seu negócio

Quando falamos em gestão de clínica médica algo que não pode ser deixado de lado é o estoque. Afinal, estamos nos referindo à disponibilidade de medicamentos, suprimentos e outros itens que são essenciais para o tratamento dos pacientes.

Além disso, um estoque que não é otimizado gera prejuízo para as clínicas médicas. Por isso, saber fazer a correta administração dos materiais e medicamentos guardados é muito importante.

Leia, a seguir, algumas dicas práticas para que você tenha uma boa gestão de estoque, algo que é essencial para o seu negócio prosperar!

Utilize um software de gestão de clínica médica

Os médicos possuem uma agenda movimentada e, por conta disso, quanto mais facilidades forem colocadas à disposição melhor, concorda? Por isso, é preciso ver na tecnologia uma aliada para o setor de saúde, por meio dos softwares de gestão.

Um estudo divulgado pelo portal Technology Advice mostrou que 78% dos consultórios médicos dos EUA já utilizam esse tipo de programa, que contam com a funcionalidade de gestão de estoque.

Adote o método PEPS

Na logística existe um método chamado de PEPS, sigla para “Primeiro que Entra, Primeiro que Sai”. Isso quer dizer que todos os produtos que entrarem em estoque devem seguir uma ordem de uso.

Tal metodologia evita problemas, como um medicamento perder o prazo de validade antes de ser utilizado pelos pacientes. Isso resultaria em prejuízo para o consultório, que necessitaria descartar o produto.

Com um software de gestão de clínica médica você poderá fazer tudo isso de forma automatizada, sem precisar ter um registro em tabelas impressas ou do Excel.

Atente-se para os produtos que são mais consumidos

É bem provável que alguns produtos sejam mais consumidos do que outros na sua clínica. Por isso, é necessário prestar atenção no que chamamos de curva de consumo.

Se um remédio para dor de cabeça é dado aos pacientes com mais frequência do que outro para cólicas, ele deve ser comprado em maior quantidade, para que não fique em falta no estoque.

Mais uma vez a tecnologia pode ajudar, uma vez que os sistemas de gestão geram indicadores de consumo que serão muito úteis para o momento de realizar compras.

Falamos sobre medicamentos, mas o mesmo se aplica a materiais de escritórios, produtos de limpeza e todos os insumos que são utilizados no trabalho de uma clínica.

Tenha um histórico de fornecedores

É importante que você tenha um histórico e contatos de fornecedores sempre à mão. Assim será possível fazer pedidos urgentes, por exemplo. Tudo de forma prática e rápida, sem ter que perder muito tempo procurando em arquivos antigos.

Para que isso se efetive, é imprescindível o uso de um software de gestão de clínica médica. Nesse tipo de programa todas as informações geradas podem ser guardadas.

Podemos dizer que a administração de estoque é um pilar importante para a gestão de clínica médica e é preciso dar atenção especial a ela para obter êxito nesse tipo de negócio.

Continue aprendendo sobre gestão de clínicas em nosso artigo que fala sobre o impacto dos erros da tabela TUSS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *