Os 4 erros mais comuns em gestão de clínicas

Os 4 erros mais comuns em gestão de clínicas

Gerir um negócio sempre é um grande desafio, ainda mais quando se trata de uma clínica médica. As tarefas das quais o gestor tem que dar conta são muitas e cometer erros é normal, principalmente para quem está entrando agora no mercado.

Pensando nesse desafio, nós listamos 4 erros comuns em gestão de clínicas que podem (e devem) ser evitados. Confira!

Negligenciar a gestão financeira

Em clínicas que foram recentemente abertas é comum que o gestor dê mais atenção para a atração e recepção de pacientes e menos para a gestão financeira. Adotar essa atitude é um grande risco, pois ter controle sobre a entrada e saída de dinheiro é fundamental para distribuir a receita entre as áreas, fazer pagamentos dos funcionários e de contas, além de planejar os valores a serem reinvestidos e, assim, garantir o crescimento da clínica.

Outro grande problema é o gestor misturar as finanças pessoais com as da clínica. Quando isso acontece fica impossível mensurar os valores recebidos e os gastos. Com isso, não se pode ter uma visão geral do negócio e, consequentemente, não é possível saber se a clínica está dando lucro ou prejuízo.

Portanto, organização e planejamento financeiro é um dos pontos vitais de sua clínica: Garantir uma boa gestão financeira é garantir, em grande parte, a solidificação da sua empresa no mercado.

Não valorizar os colaboradores

A valorização de todos os colaboradores da sua clínica também é imprescindível para o sucesso, pois é através deles que você garantirá o bom andamento de todos os setores da sua empresa.

Uma das funções mais importantes é a da secretária, ela é responsável pela impressão que sua empresa causa no cliente e isso tem total impacto no número de pacientes atendidos e fidelizados. Por isso, valorizar o seu trabalho e oferecer treinamentos é fundamental para que ela possa oferecer a melhor experiência possível para seu cliente.

Todos os colaboradores da sua clínica necessitam de reconhecimento para executar bem suas tarefas. Dessa forma, disponibilize treinamento para os funcionários, promova eventos de integração, ofereça remunerações justas e busque por tecnologias que otimizem e facilitem o trabalho.

Lembre-se sempre que uma clínica médica é uma empresa e, como tal, só funciona bem quando garante boas condições laborais para seus colaboradores.

Não estabelecer metas

Para abrir um negócio é necessário muito planejamento e, depois de aberto, estabelecer metas. Isso porque não basta ter tudo funcionando para que a sua clínica seja vista e lembrada. Adotar uma série de estratégias de marketing é tão importante quanto contar com funcionários motivados e organização financeira.

Mas, para adotar e implementar essas estratégias é preciso estabelecer metas. Pense em como você quer sua clínica daqui a um ano, cinco e dez. A partir disso, comece a planejar estratégias diárias que levarão a esses objetivos.

Estabelecer metas garante dedicação e crescimento contínuos!

Querer dar conta das demandas sozinho e de forma manual

Falamos da importância da valorização dos seus colaboradores no item 2 e vamos ressaltar aqui como a capacitação profissional é importante não só para os funcionários, mas para a clínica também.

Quando o gestor conta com colaboradores altamente capacitados e motivados, ele não precisa assumir e querer dar conta de todas as demandas sozinho. Dividindo tarefas e responsabilidades com os demais colaboradores da clínica, o gestor tem os afazeres diluídos e os resultados do negócio melhorados. A chave para o sucesso nesse quesito está, portanto, no trabalho em equipe.

E, já que estamos falando em trabalho em equipe e resultados, nada melhor para otimizar as tarefas, automatizar os processos e diminuir as chances de erros do que utilizar a tecnologia no dia a dia da sua clínica.

Gerir manualmente todos os setores da empresa demanda muita dedicação de tempo e concentração para trabalhos, muitas vezes, repetitivos e automáticos. Por isso, utilizar recursos como softwares de gestão é a perfeita opção para que todos os colaboradores disponham de mais tempo para se dedicar às tarefas que realmente necessitam de trabalho humano – como atendimento ao paciente e planejamento de estratégias.

Adote essas medidas e conte com uma clínica mais preparada para o mercado!

Gostou das nossas dicas? Sabe de algum erro comum que também atrapalha no crescimento de uma clínica? Deixe seu comentário e conte-nos sua experiência.

Conte sempre com o Medplus, seu software de gestão médica!

Deixe seu comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Deseja saber mais sobre as nossas soluções? Clique aqui e solicite contato de um de nossos consultores.