Consultórios pay per use: opção flexível para médicos

Por Aline Patricia em 18 de junho de 2018.

Nos últimos anos, a maneira como as pessoas consomem produtos e serviços, se locomovem, se relacionam, trabalham e executam suas atividades do dia a dia tem sofrido mudanças importantes, e cada vez mais se tem soluções mais econômicas, sustentáveis e flexíveis para facilitar suas rotinas.

Nesse sentido, os consultórios pay per use colocam o segmento da saúde dentro do contexto da economia colaborativa, um conceito que se baseia, principalmente, no compartilhamento de espaços e recursos, que se encaixa perfeitamente

Como funcionam os consultórios pay per use?

Nesse tipo de serviço, os espaços disponíveis para o atendimento são pagos pelo profissional por tempo de uso, dispensando a necessidade de investir em toda a estrutura de um consultório, além de equipamentos e demais funcionários necessários para o funcionamento de uma clínica médica.

Totalmente alinhada com redefinição do modelo econômico – que passa por um momento de grande austeridade, especialmente no Brasil, essa solução tem sido vista como um bom negócio para quem ainda não consegue montar um consultório próprio ou para profissionais que desejam ter um esquema de trabalho mais flexível.

Conheça os benefícios dos consultórios pay per use:

  1. Maior autonomia e flexibilidade

O médico pode escolher por quanto tempo e em quais dias irá atender seus pacientes e, no final do mês, só pagará pelo tempo utilizado. Dessa forma, o profissional ganha flexibilidade, autonomia e percebe uma importante redução de custos em sua rotina de trabalho.

  1. Tudo feito com tecnologia

Os atendimentos são agendados de forma online e o pagamento pelo tempo de uso é feito através dos aplicativos das empresas que oferecem o serviço. Assim, o profissional pode ter mais facilidade no momento de controlar sua rotina com os pacientes.

  1. Consultórios equipados

Os consultórios pay per use, em sua maioria, estão equipados com o que o médico vai precisar para realizar um bom atendimento, gerando uma economia substancial de recursos que seriam investidos em equipamentos próprios.

  1. Atrativo para os pacientes

Os espaços disponíveis são confortáveis, bonitos e acolhedores para os pacientes, além de já contarem com toda a infraestrutura que uma clínica precisa para realizar um bom atendimento, como salas de espera, recepção e banheiros.

 

Em uma época em que é cada vez mais urgente o compartilhamento de recursos e espaços – e tendo em vista a crescente escassez desses itens – o sistema de consultórios flexíveis ou pay per use podem ser uma solução prática e econômica para os profissionais da saúde que desejam uma rotina de trabalho sem tantas responsabilidades que não se relacionem, exclusivamente, ao cuidado com seus pacientes.

Você já teve alguma experiência com este tipo de serviço? Conte pra gente nos comentários!

Aline Patricia

Gerente de Produto
Formada em Administração, há 11 anos atua na MedPlus no atendimento ao cliente e atualmente é Gerente de Produto.