Tecnologias que prometem revolucionar a medicina

Por MedPlus em 22 de outubro de 2015.

Hoje em dia é quase impossível imaginar a gestão de uma empresa sem o uso de computadores, softwares e da tecnologia como um todo. Porém, em um passado nem tão distante assim, muito do que a MedPlus faz hoje por seus clientes poderia ser considerado coisa de ficção científica.

E o que ainda está por vir parece ser ainda mais impressionante. Quem imaginaria, por exemplo, que seria possível mostrar aos pacientes moldes de como seria o resultado de uma cirurgia plástica? Isso já está sendo feito nos Estados Unidos com o uso de impressoras 3D.

Pesquisadores do laboratório de pesquisas de biomateriais para próteses, da Unicamp, também estão investindo em pesquisas nessa área. Segundo reportagem da Folha de S.Paulo, impressoras 3D instaladas no instituto já produzem próteses experimentais feitas de material biocompatível, ou seja, que não rejeitado pelo organismo. A intenção da pesquisa é desenvolver próteses eficazes e mais baratas.

Diagnóstico

Novas tecnologias, que já estão sendo estudadas e testadas, também ajudarão a realizar diagnósticos cada vez mais rápidos e precisos.

Recentemente, estudiosos da Universidade Estadual do Arizona publicaram um artigo no Proceedings of the National Academy of Science, onde apresentavam a técnica da análise da “imunoassinatura”, feita a partir de anticorpos que circulam no sangue. Segundo a pesquisa, a partir da técnica seria possível estabelecer um conjunto de substâncias que só são encontradas em pacientes com determinados tipos de câncer.

Novos processos também estão sendo empregados na área do diagnóstico de cânceres. Não é de hoje que o faro de cães estão sendo treinados para detectar certos tipos de tumores. Testes feitos ao redor do mundo já mostraram animais com taxas de acerto superiores a 80% na detecção de vários tipos de câncer.

MedPlus