Por Suellen Bosse em 13/05/2021

Instagram e Facebook para clínicas médicas: como investir nas redes sociais?

O marketing digital para clínicas e consultórios é essencial para atrair e fidelizar pacientes, e Facebook e Instagram, são ótimos canais para isso.
Instagram e Facebook para clínicas médicas | MedPlus

É comum vermos médicos, equipes de clínicas e consultórios e gestores aplicando muito tempo, esforço e dinheiro nas redes sociais, como Instagram e Facebook, sem que resultados significativos sejam alcançados. É o seu caso? 

Muitos se questionam: “será que vale a pena?”, é válido usar redes sociais para divulgar a minha clínica?” ou então “será que esses são os melhores canais de comunicação para se divulgar um negócio como o meu?”

E a resposta é positiva para os três casos. Uma clínica médica precisa de divulgação para captar novos pacientes. Hoje, confiar na indicação “boca-a-boca” sem nenhum apoio de marketing digital é arriscar a saúde de toda a sua gestão. As redes sociais são peças fundamentais dessa estratégia.  

Contudo, usar as redes da maneira certa, com boas práticas para não prejudicar nem seu tempo, nem seus investimentos, é algo fundamental. Caso contrário, as postagens, que partem como uma ótima ideia para captar mais pacientes, podem afastar o público e impedir o tão esperado engajamento. 

Continue acompanhando este artigo para saber: 

Vale a pena usar o Instagram e o Facebook?
Facebook e Instagram para clínicas e consultórios médicos
Qual deve ser o posicionamento do médico dentro das redes?
Estratégias para usar no Instagram e no Facebook
Quer algumas estratégias de conteúdo? Experimente: 
Quais as melhores funcionalidades do Facebook e Instagram?
A importância de monitorar o desempenho das publicações
Dica extra: o poder de se mostrar como referência no assunto nas redes

Vale a pena usar o Instagram e o Facebook?

O relatório Digital in 2021, divulgado pelas empresas We are Social e Hootsuite (sistema norte-americano especialista em gestão de marcas em redes sociais),  constatou que 70,3% da população brasileira está ativa nas redes sociais. 

140 milhões de brasileiros usam ativamente suas redes e passam, em média, 3 horas por dia visualizando postagens. 89% dos entrevistados confirmam o que já esperávamos: o uso das redes sociais no Brasil é gigante e tem um grande espaço comercial. Os usuários, diariamente, buscam por um serviço ou produto pela internet.

Ou seja, se seu público está nas redes, clínicas ou consultórios médicos precisam estar bem posicionados nesse espaço virtual para se comunicarem com ele.

Com tantas opções, como Instagram, Facebook, Twitter e muito mais, a clínica precisa saber quais plataformas são mais adequadas para o seu tipo de negócio e como usá-las corretamente para conquistar novos pacientes.

Facebook e Instagram para clínicas e consultórios médicos 

Instagram e Facebook para clínicas médicas | MedPlus

O Facebook ainda é a rede social mais utilizada pela população mundial. Em 2020, a rede contava com mais de 2,7 bilhões de contas ativas – sendo 130 milhões delas brasileiras.

Já o Instagram entra na lista das redes preferidas do país. De acordo com a pesquisa da We Are Social e da Hootsuite, o Insta é a 4ª rede social mais usada no Brasil, com 95 milhões de usuários. 

Por serem redes que concentram mais usuários, ambas devem ser de interesse de qualquer gestor médico, pois proporcionam uma oportunidade de encontrar um novo público e interagir com diferentes pessoas. 

Além disso, por serem muito versáteis e adaptáveis à produção de conteúdo, o Facebook e Instagram permitem uma diversidade de formatos, unindo o textual com imagens e vídeos, indicadas para quase todo tipo de negócio. 

Sob essa perspectiva, a pergunta é: por que não ter um perfil profissional no Instagram ou uma página no Facebook para sua clínica médica? 

Ocupar esses espaços nas redes sociais deve fazer parte de qualquer estratégia que visa aumentar a presença online de uma clínica ou consultório médico e divulgar sua especialidade.

Com a divulgação da sua clínica em redes sociais, há como validar sua presença digital e, com isso, é possível que pessoas interessadas nos procedimentos e tratamentos que são oferecidos em sua clínica ou consultório entrem em contato por meio desses canais. 

Além disso, o uso contínuo dessas plataformas fortalece o relacionamento do médico com seu paciente.

Mas, no fim, o que vai realmente fazer valer ou não valer a pena investir no Facebook e no Instagram são as suas práticas e estratégias de marketing digital. Elas irão definir o sucesso ou não da sua marca nas redes sociais.

Vamos falar sobre isso?

Qual deve ser o posicionamento do médico dentro das redes?

É inegável que o Instagram e Facebook são importantes ferramentas para o marketing médico. Contudo, o Conselho Federal de Medicina (CFM) impõe alguns controles e limites para que a publicidade aconteça de maneira ética e transparente.

Antes de fazer qualquer tipo de postagem na rede, preste atenção em algumas publicações que são proibidas:

  • publicação de fotos de “antes e depois”;
  • publicação de fotos de pacientes para demonstrar resultados ou para outro fim promocional;
  • divulgar os equipamentos da clínica;
  • menção à técnicas exclusivas;
  • veiculação de informações que causam desconforto no público;
  • divulgação de preços de consultas e procedimentos;
  • utilização de expressões positivamente e exageradamente adjetivadas, como “o melhor” ou “resultado garantido”.

As redes existem para ajudar na divulgação da clínica, mas devem ser usadas de forma consciente. Seja cuidadoso com esses critérios.

Quais estratégias usar então no Instagram e no Facebook?

Instagram e Facebook para clínicas médicas | MedPlus

Se o Conselho Federal de Medicina parece proibir muita criação de conteúdo, saiba que não é bem assim. Clínicas e consultórios médicos ainda têm muito espaço para crescer e divulgar informação dentro das redes. 

Esses canais precisam ser sempre utilizados com consciência para que possam trazer novos pacientes para a clínica e melhorar a aproximação com o público. Para ajudar, confira a seguir como sua gestão médica pode usar o Instagram e o Facebook de forma produtiva: 

  • Identifique o seu público: existem diversas pessoas com necessidades diferentes nas redes sociais. Por isso, é essencial que você saiba como identificar o seu público no Instagram e no Facebook com o intuito de se comunicar com as pessoas que sejam “pacientes ideais” de sua clínica.
  • Para isso, crie uma persona para divulgar produtos e serviços nas redes: ter uma ideia clara do seu público facilitará o processo de criação de conteúdo, já que você poderá direcionar sua fala para uma persona específica.
  • Considere patrocinar os posts das redes: por meio de investimentos, suas postagens podem encontrar de forma inteligente e automática o seu público ideal, ou seja, as personas.
  • Estimule o seu público e incentive o engajamento: sempre busque engajamento com as postagens, então, não faça publicações que são puramente passivas e dê espaço para aquelas que permitam que o público interaja com o que foi postado.
  • Pense em instigar o público a consumir mais do seu conteúdo: no marketing, há um termo chamado Call to Action (CTA), que consiste em chamadas utilizadas nos posts que convidam o seu público a consumir mais do seu conteúdo, sempre deixando abertura à curiosidade, direcionando-o para o seu site, ou, até mesmo, chamando-o diretamente para marcar uma consulta em uma conversão direta.

Uma CTA pode ser feita com um texto como: “Clique aqui para saber mais”, “Cuide da sua saúde acessando o nosso site”, “Veja como ter uma vida mais saudável”, entre outros. Mas sempre com links direcionando para seus conteúdos, para seu site, para marcar uma consulta, entre outros.

  • Agregue valor para as suas postagens: por meio do compartilhamento de conteúdos relevantes, promova o conhecimento sobre a sua área de atuação ao produzir postagens que interessem e eduquem o seu seguidor sobre determinado assunto. Pense em posts informativos ou propagandas com uma boa linguagem persuasiva.
  • Promova saúde: mesmo dentro de uma especialidade, todo médico pode promover uma vida saudável em suas redes sociais. Fale sobre uma vida saudável, de prevenção, de cuidados, indo além do seu nicho de atuação. 

Percebe que as redes podem ser uma rica fonte para divulgar os seus serviços? A melhor parte, ainda, é o fato de que você irá efetivamente encontrar públicos novos no Instagram e Facebook. 

Quer algumas estratégias de conteúdo? Experimente: 

  • Tirar dúvidas: quais são as perguntas mais frequentes dentro do seu consultório? Que tal responder elas em publicações? 
  • Mitos e verdades: com certeza você já ouviu algum ditado popular ou receitas caseiras para curar alguma enfermidade. Será que são mitos, ou verdades?
  • Curiosidades: como os exames da sua clínica médica são realizados? Quais os cuidados que você e sua equipe possuem? Quais os benefícios para seu paciente? 
  • Eventos: você está em constante evolução e aprendizado? Que tal trazer isso como uma forma de comunicar ao seu paciente que você procura sempre novas e melhores formas de atendê-lo?  

Funcionalidades do Facebook e do Instagram

Software para abertura de consultório médico

Além dos benefícios citados acima, o uso do Facebook e do Instagram proporciona ferramentas úteis e práticas que podem facilitar o gerenciamento das redes e o sucesso de determinadas campanhas de vendas.

Uma dessas funcionalidades é o planejamento e agendamento das postagens pela própria plataforma do Facebook. Isso é prático, já que nas nas redes sociais é necessário manter a frequência de publicação dos conteúdos. 

A ferramenta Facebook Estúdio permite que esse agendamento aconteça com antecedência. Você pode planejar os conteúdos semanalmente e agendá-los para serem publicados. 

Com postagens frequentes, sua clínica ou consultório aparecerá constantemente para o público, o que promove relevância para sua marca e a aproximação entre clínica e pacientes.

Para o Instagram, as postagens também podem ser agendadas com antecedência. Ainda assim, é importante fazer um cronograma de postagens para garantir a frequência e diversidade de assuntos, programando os posts com uma boa distribuição de datas.

Além do agendamento e planejamento das postagens, o Instagram e o Facebook permitem que sua clínica seja encontrada por meio das hashtags.

As hashtags nada mais são do que códigos de rastreamento dentro das redes sociais, para encontrar e classificar postagens que tratam de determinado assunto. Desse modo, se o seu post trazer uma hashtag, o seu alcance é estendido.

É essencial usar as hashtags corretas para fazer com que seu post entre no feed de pessoas que costumam curtir conteúdos relacionados ao assunto.

Primeiramente, é preciso desmistificar a questão da quantidade de hashtags colocadas no post. Muitas pessoas exageram nas tags e colocam uma lista que em alguns casos chega a ser maior que o próprio post ou legenda. 

Isso é bem comum no Instagram. No entanto, essa prática é péssima, pois, quando se excede no número de hashtags, sobretudo se não tratam de assuntos correlatos, o algoritmo da rede social se confunde no rastreamento e classificação do post. 

Por isso, estipule um número máximo de hashtags. Geralmente, cinco tags é o suficiente, mas, se preferir, oito pode ser um número máximo saudável.

A importância de monitorar o desempenho das publicações

Com tanto trabalho para planejar e executar ações no Facebook e no Instagram, é fundamental acompanhar o desempenho dos conteúdos publicados no perfil de sua clínica ou consultório médico. 

A partir desse monitoramento, há como saber quais publicações apresentam melhores resultados, tanto pela perspectiva de formato (vídeos, imagens estáticas, infográficos, etc.) quanto pelo assunto abordado.

O Facebook e Instagram já fornecem alguns dados, sobretudo se você possui perfis empresariais dentro dessas redes. Portanto, analise suas postagens, levando em consideração alguns aspectos:

  • As postagens estão recebendo engajamento, como likes, comentários e compartilhamentos?
  • Quais postagens geram mais engajamento e quem está interagindo com as postagens?
  • Quem está visualizando as postagens? Clientes fidelizados ou público em potencial?
  • Seu perfil está recebendo novas visitas ou não?
  • Se as visitas caíram, o que aconteceu? E se aumentaram, por quê?
  • Quais os melhores dias e horários para você publicar novidades?

Tendo essa análise em mente, é possível direcionar quais conteúdos devem continuar aparecendo no perfil e quais devem ser evitados.

Usar o Facebook e o Instagram sem analisar o feedback é um dos principais erros dos gestores. As postagens não irão trazer, em um passe de mágica, os pacientes para a clínica. É preciso ter um objetivo claro e específico para o uso das redes. 

Planeje e analise o seu conteúdo.  

Dica extra: o poder de se mostrar como referência no assunto nas redes

Para engajar seus seguidores e conquistar novos pacientes, é preciso construir uma sólida imagem profissional e uma imagem de marca com credibilidade para a sua clínica ou consultório médico. 

Só há uma maneira eficaz de fazer isso: mostrar que você e os profissionais que trabalham na sua clínica entendem do assunto.

Por isso, o conteúdo publicado no Instagram e no Facebook deve abordar a sua especialidade na área de saúde. 

Assim, os pacientes vão identificar a sua clínica ou seu corpo clínico como autoridades no assunto e vão desenvolver a lembrança de marca, fazendo com que procurem a sua clínica quando precisarem de um tratamento específico.

Uma forma interativa de se fazer isso atualmente, além das publicações que já comentamos, é por meio das tão populares lives, dos stories e do IGTV. 

Com eles, você pode falar sobre um assunto em tempo real, respondendo dúvidas, aproximando os pacientes da sua clínica, humanizando ainda mais o atendimento no seu consultório.

Essa conexão digital, mas sempre emocional, com o paciente, é essencial para sua fidelização. Quanto aos novos, nada melhor do que usar as redes para atraí-los.

Agora que você sabe mais sobre como usar o Facebook e Instagram em sua clínica médica, ainda tem dúvidas se vale a pena estar nas redes sociais para atrair mais pacientes? 

Contar com essas estratégias digitais trazem, além de mais pacientes, mais autoridade para sua clínica e melhorias também no seu atendimento. Aproveite o poder das redes sociais! 

Gerente de Marketing

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *