Por Jessica Saldanha em 01/10/2021

5 maneiras de abordar o Outubro Rosa em clínicas médicas e engajar pacientes

Saiba como abordar e engajar pacientes durante a campanha do Outubro Rosa em clínicas médicas, a fim de conscientizar melhor a população.

O Outubro Rosa tem como objetivo principal a discussão sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama.

As iniciativas dessa campanha acontecem em vários lugares do mundo e têm a cor rosa como sua referência principal. No Brasil, as campanhas de conscientização são desenvolvidas desde 2002, mas apenas foram institucionalizadas por lei federal em 2018.

Contudo, as origens do movimento datam desde a década de 1990, quando aconteceu o registro da primeira “Corrida pela Cura”, realizada em Nova Iorque, Estados Unidos. Desde então, o evento acontece todo ano.

Por isso, é comum que, neste mês, organizações da sociedade promovam caminhadas e corridas, principalmente entre pessoas vestidas de rosa e portando bandeiras do movimento, para divulgar ações da campanha.

Mas como essas campanhas ajudam a população? Com a conscientização sobre a importância de um diagnóstico precoce!

Segundo Alfredo Barros, responsável pelo Núcleo de Mastologia do Hospital Sírio-Libanês, 97% dos casos diagnosticados por intermédio da mamografia têm cura.

Tal estatística demonstra a relevância de se falar sobre o assunto, já que a detecção rápida da doença pode salvar vidas.

Desse modo, é importante que a sociedade esteja engajada nessa causa a fim de promover maneiras de conscientizar a população e incentivar as pessoas com mamas a realizarem o exame de toque e a procurarem acompanhamento médico.

Mais recentemente, as campanhas do Outubro Rosa foram estendidas à prevenção do câncer de colo de útero, uma doença que também tem um alto índice de mortalidade.

Tendo isso em mente, preparamos algumas dicas sobre como um tema tão importante quanto o Outubro Rosa pode ser trabalhado para engajar pacientes em sua clínica médica, além de ajudá-los a cuidar da própria saúde e bem-estar.

Como abordar o Outubro Rosa em clínicas médicas?
Utilize a cor da campanha para demonstrar apoio ao Outubro Rosa
Promova caminhadas e corridas em apoio ao Outubro Rosa
Envie mensagens informativas para pacientes durante o Outubro Rosa
Organize palestras sobre o câncer de mama e de colo de útero
Participe de instituições que atuam em prol da causa

Como abordar o Outubro Rosa em clínicas médicas?

Outubro Rosa em clínicas médicas: como abordar e engajar? | MedPlus


Por ser um local onde as pessoas vão para procurar tratamentos e conselhos médicos, uma clínica precisa estar preparada para abordar assuntos complexos, como é o caso do câncer de mama.

Ainda que seja de extrema importância para a saúde, muitas pessoas, principalmente o público feminino, ainda têm medo de realizarem exames e de falar sobre esse assunto com seu médico.

Além disso, também é comum alegarem sentir algum desconforto no momento do exame de toque e preferem não realizá-lo, ou optam apenas pelo exame de ultrassom.

No entanto, profissionais de medicina devem ressaltar a importância do exame de toque, pois a imagem do ultrassom nem sempre é suficiente para a detecção de anomalias, isto é, impossibilitando o diagnóstico precoce.

De acordo com um levantamento da Organização Mundial da Saúde (OMS), 458 mil mortes acontecem por ano em decorrência do câncer de mama, que se manifesta principalmente em mulheres entre 40 e 69 anos de idade.

Esse número poderia ser bem menor se houvesse a ampla realização de autoexame e a busca por auxílio médico.

Nesse sentido, como profissional de saúde, o médico deve informar sobre tudo que envolve o procedimento aos pacientes, de forma a quebrar os tabus que envolvem o exame.

Saber explicar a situação para seus pacientes é uma maneira de incentivá-los a procurar por orientação médica.

Além disso, o profissional precisa saber como oferecer os suportes clínicos e emocionais necessários nesse momento. Demonstrar empatia é uma das habilidades mais importantes do médico.

Leia mais: Quais características ter para ser um bom médico?

Sua clínica tem como papel fundamental auxiliar qualquer paciente no combate a essa doença e aplicar no dia a dia da clínica formas de conscientização, especialmente ao longo do Outubro Rosa.

Confira a seguir cinco formas que você pode abordar essa causa:

Utilize a cor da campanha para demonstrar apoio ao Outubro Rosa

Utilizar a cor rosa é uma das maneiras mais comuns de conscientizar os pacientes durante o Outubro Rosa, já que ela remete aos cuidados com a doença e pode abrir as portas para uma conversa sobre os cuidados e a prevenção.

Por isso, sua clínica pode ter como prática a utilização de laços cor-de-rosa no ambiente e nos uniformes da equipe, assim como a aplicação da cor até em detalhes da clínica.

Usar essa cor em redes sociais é outra iniciativa que pode ser colocada em prática. Afinal, sua clínica existe em ambientes físicos e virtuais, e ambos precisam apresentar a campanha do Outubro Rosa para manter o engajamento dos pacientes.

Promova caminhadas e corridas em combate ao câncer de mama e ao câncer de colo de útero

Promover caminhadas e corridas é outra maneira de trabalhar a conscientização do público, já que elas remetem à origem do movimento.

Além disso, a prática de exercícios físicos auxilia na diminuição de riscos do câncer e pode funcionar como um lembrete para que as pessoas façam o autoexame.

Leia mais: O que é a medicina preventiva e por que você deve conhecê-la?

Para desenvolver essa atitude, entre em contato com outras empresas ou consultórios da região de sua clínica e, juntos, façam o planejamento de uma caminhada ou corrida em prol da causa.

Por fim, é possível ter a iniciativa de reverter parte do dinheiro arrecadado com as inscrições e patrocínios para institutos de tratamento e combate ao câncer de mama.

Envie mensagens informativas para seus pacientes durante o Outubro Rosa

A gestão de clínicas médicas pode usar os meios de comunicação com o intuito de informar pacientes sobre o câncer de mama e as iniciativas que estão sendo organizadas durante o mês para a conscientização.

Seja por meio de postagens coletivas no Facebook e no Instagram, ou em mensagens privadas via WhatsApp, SMS ou e-mail, é importante que a clínica organize informativos para que todos compreendam a importância do Outubro Rosa.

Organizar lives com especialistas e com pessoas que já tiveram a doença, criar vídeos curtos e até usar caixinhas de perguntas e enquetes no Instagram, são outras iniciativas que podem engajar o público e facilitar sua adesão à campanha.

O importante é aproveitar esses espaços para informar aos pacientes sobre como realizar o autoexame, os sintomas iniciais, quais especialistas procurar e outros conteúdos relacionados.

Algumas ferramentas, como um sistema de gestão com marketing médico para clínicas e consultórios, possuem automação de  SMS e e-mail. O que pode facilitar muito esse processo.

Leia mais: Investir para ter resultados no marketing médico

A informação gera conscientização e o seu público certamente se sentirá confortável e motivado a realizar os exames periódicos, sendo esse o intuito principal das campanhas de engajamento.

Organize ações sobre o câncer de mama e de colo de útero

As pessoas portadoras de um câncer podem ter a autoestima abalada, já que a doença afeta o organismo e a vida de pacientes de forma geral.

Uma iniciativa que a sua clínica pode ter é a de promover ações que façam com que pacientes sintam-se valorizados e apoiados pela comunidade ao redor.

Para isso, organizar doações de lenços, perucas, entre outros acessórios, ou ainda, planejar um dia de beleza para pacientes são ações que podem levar apoio e otimismo aos que passam pelo tratamento.

Além disso, pessoas que estão em tratamento contra o câncer de mama, e aqueles pacientes que já superaram a doença, podem ser convidados para contribuir em palestras, narrando suas histórias e experiências.

Além de compartilhar informação e conscientização, o intuito dessa iniciativa é providenciar um ambiente empático para todos, especialmente àqueles que receberam o diagnóstico ou que têm uma experiência próxima com a doença.

É válido ressaltar que discutir apenas sobre os sintomas físicos do câncer de mama, e o de colo de útero, é insuficiente. Também é necessário estender o debate para os impactos psicológicos que acompanham os pacientes durante o tratamento.

Assim, contar com psiquiatras e psicólogos para contribuir nessas conversas é extremamente útil e importante.

Em seguida, considere compartilhar histórias de superação e contribuições de profissionais da saúde em sites, blogs ou redes sociais de clínicas médicas para que seja possível alcançar diversas pessoas.

Participe de instituições que atuam em prol da causa

Outubro Rosa em clínicas médicas: como abordar e engajar? | MedPlus

Na sociedade, há diversas instituições e organizações que buscam o bem-estar e uma melhor qualidade de vida para as pessoas em geral.

Procure participar ativamente dessas organizações, como uma maneira de atingir mais pessoas e difundir o que a clínica médica está organizando durante o Outubro Rosa, como palestras, caminhadas, postagens, vídeos e demais iniciativas.

Ainda, busque envolvimento com tais projetos. Afinal, conscientizar é importante, mas partir para a ação é tão fundamental quanto.

Como a sua clínica aborda o Outubro Rosa? Quer entender mais sobre as práticas que devem ser adotadas para aproximar ainda mais sua clínica de seus pacientes, inclusive por meio do marketing? Então acesse nosso eBook gratuito:

Outubro Rosa em clínicas médicas: como abordar e engajar? | MedPlus
Líder de atendimento

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *