Por Aline Patricia em 01/11/2021
Tempo de leitura: 8 minutos

Pacientes pós-pandemia: humanização e tecnologia em foco para melhorar o atendimento nas clínicas médicas

Descubra como será o atendimento ao paciente em clínicas e consultórios médicos no pós-pandemia e como lidar com esse novo cenário em sua gestão médica.
Atendimento ao paciente no pós-pandemia | MedPlus

Durante a pandemia de covid-19, clínicas e consultórios médicos passaram por um período de adaptação para dar continuidade aos atendimentos. E a verdade é que tanto os pacientes quanto os profissionais da saúde estão esperando ansiosamente para que este período tenha fim e tudo volte a ser como era antes.

O pós-pandemia trará um novo cenário para o mundo, inclusive no comportamento de pacientes. Contudo, entre as muitas incertezas do momento, algumas questões já podem ser previstas. 

Muitos hábitos do período vão persistir. E é bom que persistam, especialmente aqueles relacionados à higiene e ao cuidado com a saúde, uma vez que reforçam nossa proteção contra males que já existem e nos ajudam na preparação para novas doenças que possam surgir.

Por isso, é preciso buscar formas de proporcionar ainda mais flexibilidade e segurança no atendimento nas clínicas médicas, além de humanizá-lo cada vez mais.

As ações em clínicas médicas passaram a estar ainda mais focadas no atendimento ao paciente. Já a tecnologia, que muitos não consideram tão importante, passou a ser essencial.  

Por isso, a gestão médica deve começar a se adaptar o quanto antes, garantindo que os atendimentos pós-pandemia estejam prontos para esta nova realidade. 

Quer entender melhor esse cenário e saber como adaptar sua gestão para as demandas que surgirão? Então continue sua leitura:

Quais serão os hábitos de pacientes pós-pandemia
Quais são os cuidados de segurança para o atendimento ao paciente no pós-pandemia
Qual é a importância e os benefícios do atendimento humanizado
Como realizar um atendimento humanizado em cada contato do paciente com a clínica
Como tornar os acompanhamentos mais constantes
Como a clínica médica pode se preparar para os novos costumes de pacientes
Como a tecnologia auxiliará sua clínica médica no atendimento no pós-pandemia

Quais serão os hábitos de pacientes pós-pandemia

Nos últimos tempos, os brasileiros se adaptaram a um novo estilo de vida bem diferente do habitual. Esses novos hábitos tendem a continuar no pós-pandemia:

  • Higiene das mãos: a tendência é que o álcool em gel tenha vindo para ficar, sobretudo em ambientes médicos. Antes era algo habitual sairmos do supermercado sem passar o higienizador nas mãos, mas hoje isso é impensável para grande parte das pessoas. 
  • Cuidados ao tossir e espirrar: os cuidados em cobrir o nariz ou a boca se tornaram uma regra e é provável que esse hábito persista.
  • Uso de máscaras: a máscara também permanecerá, principalmente em ambientes clínicos e em casos de doenças ou infecções respiratórias. 
  • Diminuição no compartilhamento de objetos pessoais: o que antes era comum se tornou algo incabível para grande parte das pessoas agora, como compartilhar copos ou outros itens pessoais.
  • Mais home office ou afastamento do trabalho para pessoas com sintomas gripais: a tendência é que pessoas com sintomas de doenças infecciosas não permaneçam em ambientes compartilhados.
  • Mais distanciamento social. Após a pandemia, por um bom tempo ainda haverá receio de ambientes lotados e com pouca distância entre as pessoas. Especialmente nas clínicas, será fundamental manter reduzido o número de pessoas por horário. 

Tendo em vista esses novos comportamentos dos pacientes, as clínicas médicas precisam estar preparadas para atendê-los de maneira segura, flexível e adaptadas à nova realidade.

Quais são os cuidados de segurança para o atendimento ao paciente no pós-pandemia

Atendimento ao paciente no pós-pandemia | MedPlus

O cuidado para ter consultas presenciais com segurança, antes mesmo de o paciente chegar na clínica, deve permanecer mesmo após a pandemia.

Isso porque, apesar de ser um momento de menor risco, é uma segurança a mais em um ambiente em que pessoas com diversas enfermidades transitam.  

É importante continuar realizando uma triagem por telefone ou aplicativos de mensagem para saber se ele está com algum sintoma que possa colocar em risco a equipe da clínica, ou até mesmo outros pacientes.

Questionar se o paciente teve febre ou temperatura igual ou superior a 38ºC nos últimos dias, ou se teve tosse ou qualquer outro sintoma de problemas respiratórios, foi um hábito adquirido pelas clínicas médicas durante a pandemia.

Mesmo após esse período, é relevante manter o costume para a segurança de todos. Caso a resposta seja positiva para qualquer uma das perguntas, o ideal é agendar uma consulta online.

Para os pacientes que são considerados grupos de risco e estão mais vulneráveis a contaminações, dependendo da situação, a melhor opção também é realizar o atendimento por uma plataforma de telemedicina.

De qualquer forma, a higienização das mãos e o uso de máscaras, tanto para o paciente quanto para o médico, continuará sendo essencial.

No caso de consultas presenciais, os agendamentos de consultas deverão continuar com intervalos maiores entre si. Assim, as chances de os pacientes terem de esperar na sala de espera diminuem. Além disso, a higienização do consultório deve ser feita da maneira correta e com calma entre cada atendimento. 

Colocar um tapete umedecido com solução de hipoclorito de sódio também continuará sendo importante no pós-pandemia. Assim, é possível manter o hábito de desinfectar os calçados antes de entrar no espaço da clínica médica, um lugar que precisa ser muito higiênico.

Qual é a importância e os benefícios do atendimento humanizado

Atendimento ao paciente no pós-pandemia | MedPlus

A prática médica deve ser humanizada do início ao fim, especialmente no período pós-pandemia, em que muitos pacientes estarão fragilizados física e mentalmente.

Entendemos que a rotina às vezes pode ser maçante, entretanto, a medicina é uma área que atua diretamente com a vulnerabilidade de pessoas, por isso, a humanização é uma responsabilidade do profissional.

De acordo com a Fiocruz, durante a pandemia, a depressão, a ansiedade e o estresse aumentaram significativamente, especialmente pelo medo frequente de se infectar com o vírus.

Dessa forma, compreendemos que, após a pandemia, ainda levará um tempo para que as pessoas voltem a ter segurança em determinados ambientes, especialmente em uma situação de espera pelo diagnóstico. 

Por isso, o atendimento humanizado é indispensável. Ele melhorará os seguintes pontos:

  • Relação médico e paciente. Uma vez que a humanização vai aumentar a conversa e a compreensão durante a consulta, a relação será melhorada de maneira muito significativa.
  • Baixa taxa de desistência do tratamento. Com mais diálogo, será fácil para o paciente entender a importância do tratamento e, consequentemente, a chance de desistência será menor.
  • Confiança no médico. A postura mais acolhedora por parte do profissional faz com que o paciente se sinta mais seguro ao realizar o tratamento.

É fundamental ter uma postura médica humanizada para melhorar a comunicação com o paciente e para que, aos poucos, ele volte a se sentir mais seguro após esse período tão conturbado.

Continue lendo para saber como colocar tudo isso em prática.

Como realizar um atendimento humanizado em cada contato do paciente com a clínica

O foco na qualidade do atendimento ao paciente deve ser muito grande por parte de todas as pessoas que trabalham na clínica, desde recepcionistas, enfermeiros e até o médico.

É importante que todos façam o possível para realizar um atendimento humanizado. Afinal de contas, todos estavam vivendo uma situação bastante complicada devido à pandemia. Muitas pessoas poderão estar com medo de sair de casa ou fragilizadas, afinal, ficaram muito tempo sem interação.

Por isso, cada profissional deve:

  • Mostrar simpatia
  • Comunicar-se de maneira clara
  • Desenvolver a empatia
  • Agir com ética
  • Saber ouvir o paciente
  • Mostrar prontidão para ajudar o paciente no que for possível

Como tornar os acompanhamentos mais constantes

Atendimento ao paciente no pós-pandemia | MedPlus

Durante a pandemia, muitas pessoas que precisavam de acompanhamento médico por alguma doença deixaram de consultar por medo do vírus. 

No pós-pandemia, algumas medidas devem ser tomadas para deixar esses pacientes mais seguros para continuarem os acompanhamentos. 

Por isso, sempre que for preciso realizar um atendimento presencial, tome todas as medidas de segurança. Ofereça também a opção de telemedicina.

Além disso, será importante conscientizar os pacientes sobre a medicina preventiva e a importância de consultas mais frequentes. Ao evitar que eles fiquem doentes e desenvolvam quadros clínicos mais complicados, você diminui as chances de uma queda na imunidade, o que os deixaria mais propensos a outras doenças.  

Dessa forma, o atendimento híbrido será fundamental para ter esse acompanhamento mais constante, uma vez que é possível intercalar com consultas presenciais e ter uma excelente assistência médica. 

Como a clínica médica pode se preparar para os novos costumes de pacientes

Levando em conta as necessidades do período pós-pandemia, será indispensável preparar a clínica para o novo perfil de paciente.

Nossa primeira dica, então, é focar no compromisso e no cuidado, por meio do atendimento humanizado.

Construir uma relação acolhedora com o paciente depende da cultura do trabalho em equipe. Todo o atendimento precisa estar alinhado e de acordo com o tipo de cuidado que você deseja ter com o paciente. 

Além disso, é indispensável oferecer segurança, por meio do cuidado com a higienização e com a orientação dos pacientes pelas medidas de precaução. 

O ambiente também precisa estar preparado. Sugerimos que, caso haja dois ou mais funcionários na sala de espera, eles estejam com um certo distanciamento e sempre de máscara, por se tratar de um ambiente médico.

Os cuidados com a biossegurança devem ser redobrados. É preciso ter cuidado com o lixo que pode estar contaminado. Ele precisa ser recolhido periodicamente, de maneira adequada e segura.

As formas de pagamento também têm de ser atualizadas. Invista em novas tecnologias que diminuam o contato direto com o paciente. 

Invista em telemedicina. O paciente se acostumou a participar de eventos, aulas e trabalho online durante a pandemia, portanto, ele está habituado com essa modalidade, e irá sentir falta dessa opção no seu consultório se você não a disponibilizar.

Continue a leitura para saber mais sobre como ir além da telemedicina e usar outras ferramentas tecnológicas para suprir as demandas do paciente pós-pandemia.

Leia mais: Como atender o paciente da geração pós-covid-19?

Como a tecnologia auxiliará sua clínica médica no atendimento no pós-pandemia

Atendimento ao paciente no pós-pandemia | MedPlus

Um atendimento mais digital é uma ótima opção para este momento. Afinal, seus pacientes têm utilizado muitas tecnologias online no dia a dia e se sentem à vontade com esse tipo de opção.

Isso também leva muitas vantagens para sua clínica médica. Principalmente se existirem diversas ferramentas digitais sendo utilizadas. 

Confira quais são as ferramentas encontradas em um sistema de gestão médica:

Agenda online

Fica mais fácil organizar sua agenda de atendimentos de maneira online e evitar que pacientes fiquem aguardando muito tempo na sala de espera, levando em conta os intervalos necessários para realizar a higienização do consultório médico entre as consultas.

Prontuário eletrônico

Manter um prontuário eletrônico facilita o atendimento, pois o médico consegue acessar de maneira bastante clara todas as informações importantes, como histórico e alergias que o paciente tem.  O prontuário eletrônico é uma ferramenta personalizada, rápida, completa e segura.

Prescrição digital

Prescrições tradicionais podem acabar sendo ilegíveis pois médicos geralmente têm pouco tempo para redigir a prescrição e não atrasar o próximo atendimento. Esse problema pode ser evitado com as prescrições digitais.

Com elas, o paciente pode verificar todo o seu tratamento facilmente. O que significa que se ele estiver com alguma dúvida sobre as medicações, que não tirou durante a consulta, poderá encontrar respostas ali. 

Teleconsultas

As teleconsultas são possíveis por meio da telemedicina, e podem ser muito úteis em sua clínica médica. Essa modalidade de atendimento cumpre com o objetivo de uma consulta médica presencial e muitos pacientes se sentem mais seguros.

Como vimos durante o texto, a telemedicina pode ser bastante útil em diversas situações. Para conhecer mais sobre as vantagens desse atendimento digital a distância, confira nosso eBook:

Telemedicina: Um guia prático sobre a ferramenta

Gerente de Produto

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.